Dor
POSTED ON quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016 AT 21:04 \\
A ferida continua aberta. Ainda doí, e vai continuar a doer enquanto não fechar. Certamente já sentiram aquela súbita vontade de rebentar com tudo, até as paredes. Tudo nos parece confusão, até mesmo aquele quadro com figuras inocentes de Nova Iorque. Perdemos a noção da realidade, pois tudo nos parece um pesadelo, e perdemos tempo a deprimir. Queremos ajuda, mas o espírito que habita na nossa mente não o permite. Pegamos no telemóvel com raiva, vamos ao facebook da pessoa que gostamos, um like numa foto, uma resposta ao comentário..
É o fim. Mandamos mensagem a essa pessoa, fazemos uma discussão por meras coisas banais. Choramos por horas, soluçamos, e magoamo-nos, até que subitamente, horas depois, a dor acalma. 
Quando tudo nos parece calma, aparece um mar de problemas, relacionado com a família, ou até mesmo vida financeira. Não sabemos lidar com tudo isso, sem ter pensamentos negativos. É engraçada como as amizade sobressaem quando estamos em estado depressivo, eu pessoalmente, neste momento tenho apenas uma amiga com quem posso contar, todos os outros era de passagem, pois só estão presentes nos bons momentos. Doí também pensar no futuro, sem ter a certeza se vamos sobreviver sem aquela pessoa que nos dava tanto na cabeça, se algum dia lhe vamos conseguir agradecer, ou se essa pessoa vai querer olhar para a nossa cara. 
Todos nós já nos sentimentos assim, e assim vai continuar até ganharmos coragem de procurar a tão esperada ajuda, sim, não é fácil. Mas vai chegar aquele dia em que nos fartamos de estar tristes, e vamos querer provar a felicidade no seu estado puro. 
Até lá, vamos ganhar coragem, para parar de chorar, deixar de ter "medo" das pessoas, e vamos ganhar forças para finalmente sermos um espírito forte.
Sim doí, sim, é difícil, sim, vamos perder amigos, mas vamos conquistar o nosso Eu de novo, e vamos ganhar milhares de coisas boas. 

monthly archives