POSTED ON domingo, 3 de julho de 2011 AT 18:26 \\

Não te conheço ainda, mas algo em ti é-me familiar. O brilho dos teus olhos faz-me sorrir. Quando estou triste, basta ouvir a tua voz e ver o teu rosto para ficar tranquila. Quero chegar até a ti, mas tenho medo. Tenho receio de o fazer, e carrego em mim imensa insegurança. Eu gosto de ti, embora pensem que não, mas não escolhemos por quem nos apaixonamos.

monthly archives